You are currently browsing the monthly archive for fevereiro 2009.

Varginha(MG)-BR

Varginha(MG)-BR

1
Into a lazzy quark
a way to fuse
our restless bodies

num preguiçoso quark
uma maneira de fundir
nossos corpos inquietos

2
disposes the bird
polimerized feathers
an old chest is fledding

descarta o passáro
polimerizadas penas
foge um velho peito

3
through optical fiber
run sudden desires
just to kiss

* wires crossed
she smells burnt toast
yard sale nannybot

em fibra ótica
correm desejos repentinos
apenas beijar

* fios entrelaçados
ela cheira torrada queimada
vende na garagem nano rôbos

(*ushi-friend of yahoo scifaiku)

4

no one eletrophorese
can apart the entangle
of our fever bodies

nem a eletroforese
pode separar o enrosco
nossos corpos febris

5
between alleles
is flooting an island-
lost seafares

**Potential genes:
Skin could have been soft turquoise;
Should science do that?

entre alelos
flutua uma ilha
navegantes perdidos

genes potenciais:
a pele pode ser leve turquesa;
deveria a ciência fazer isso?

(**Jim friend of scifaiku group)

expovar_02042007023644

6-
in the module
sparks a warning
“don`t tread on the grass”

Oxygen hovers
At a critical level;
Don’t harm any plant.-Jim

no módulo
cintila um aviso
“não pise na grama”

oxigênio flutua
num nível critíco
não danifique nenhum vegetal

7-Crab’s Renga (Renga dos caranguejos)
space-crabs

monolithic crab
is piecing some digits
to be a fallen star

Advanced ET crab
Moves through hyperspace by means
Of piercing vectors.-Jim

three steps ahead
on average scale
needs refuel a crab

caranguejo monolítico
está juntando alguns dígitos
para ser uma estrela cadente

evoluido caranguejo ET
movimenta através do hiperespaço pelas médias
de vértices vetorias

três passos a frente
na escala média
precisa abastecer um caranguejo

——————————————
imagens(source)
-prefeitura de Varginha
-Space Crabs . com

star

**O MANIFESTO DO SCIFAIKU

SciFaiku é uma distinta e poderosa forma de divulgação
para a “ficção cientifíca”.Comporta toda a percepção humana,
tecnológica, e todo prognostico de futuro em
algumas poucas marcantes  linhas .

SciFaiku é um haikai e não é uma haikai.

È um direcionamento da  inspiração e por muitos dos principios do haikai,
mas que flui em seu próprio caminnho.Desvia,expande,e liberta-se do haiku.

O que é SciFaiku?

Adota a forma internacional e contemporânea do haiku.
Um  poema de 3 linhas contendo 17 silabas poéticas.

O mote é a ficção científica.Atenta para o imediatismo da
expressão e a beleza da simplicidade.

exemplo representativo:

Asteroids collide
without a sound…
We maneuver between fragments

(asteróides colidem
silenciosamente….
Nós manobramos entre fragmentos)

Transitoriedade

Apesar de o SciFaiku ser uma abertura para a experimentação
e a flexibilização dentro do conjunto de regras próprias
que no entanto representa a inspiração do haikai.

Assim como no haikai, um poeta esforça-se para capturar um noção de trasitória
-para capturar um momento, e fazer com q os leitores se sintam como
um elemento da cena.

Está transitoriedade pode ser obtida,incorporando palavras que afetam diretamente os sentidos-
sons,cheiros,visões…

Em  um esforço para direcionar e se  expressar, o Scifaiku
escapa dos conceitos abstratos e metafóricos e descreve,de preferência
uma filosofia.Deixando  as conclusões para a imaginação do leitor:

Digging up an ancient city,
finding the print
of a tennis shoe.

(escavação  sobre uma cidade antiga
descobre a impressão
de um tênis)

Minimalismo

Como o haikai,  o SciFaiku, procura uma expressão sintetizada.

È minimalista e elegante.A forma padrão é de 17 silabas,
esta  é forma usual, mas não precisa ser seguida á risca.

Mais de 17 silábas são permitidas se bem usadas.Menos
silábas ou memos linhas são apropriadas se o poema
ainda dispersa com sucesso uma mensagem:

Naked
he sees she isn’t human

(nús
ele percebe ela  não é humana)

Ficção Científica

O haikai tradicional  é sobre a natureza.SciFaiku
é sobre ficção científica.È necessário que não contenha elementos
da natureza, de qualquer maneira.

O haikai tradicional contém um termo da estação(kigo)-
uma palavra que evoca uma estação do ano, como
“neve” evoca “inverno” ou “tulipas” lembram “primavera”.Scifaiku
frequentemente contém uma  palavra “científica”
que evoca uma tecnologia  ou  um cenário de ficção científica:palavras
como “espaço”,genética,robôs ou laser.Todo poema
precisa claramente se referir há conceitos de ficção científica
ou observações destes, e isto possivelmente é o que faz
desafiador o SciFaiku.

Termos técnicos frequentemente contém muitas silabas, como “teletransporte”
,”alienígenas” ou” supernova”.Isto soma-se ao desafio de manter o poema conciso
,desde que deixam poucas silabas disponíveis para completar o poema

.Uma palavra desafiadora é”biofeedback”*

*(método de tratamento de fobias e de depressão, através do controle de processos físicos diversos
com aparelhagem eletrônica)

with biofeedback
to heal the burns:
I flip a burger, nonchalant

(com biofeedback
para curar as queimaduras:
Eu tosto um hamburger ,despreocupadamente)

Algumas adequações podem ser feitas para
ajustar este desafio:

– è aceitável romper com o limite de 17 silabas,
especialmente quando o assunto agrega claramente
um complexo termo técnico (“transfiguração”-já contém 5 silabas),
de qualquer forma isto deveria ser evitado

– procure uma alternativa para uma palavra longa,
ex: “droid” ao invés de “robot” , mas não faça um deformação
da especificidade do poema.

– as vezes Scifaikus podem ser escritos em série.

O primeiro pode aos poucos definir um conceito
de sci-fic, que pode ser retomado pelos subsequentes.
No entanto,cada poema deve preservar uma  certa idependência.

Percepção humana

Possivelmente um dos mais instigantes aspectos
da sci-fic é como ela fomenta um profundo discernimento da condição humana,
frequentemente quando o assunto é “computadores” ou “alienigenas”

Não restringindo por si mesmo no que é plausível,
scifaku permite uma exploração dos pensamentos
e sentimentos contidos num poema

(Tom Brinck)

outros exemplos:

time travel is forbbiden
but kids
do it anyway

(viajar no tempo é proibido
mas crianças
fazem do mesmo jeito)

Eva Eridsson
—-
sping shower
my best friend
rust

(banho de pimavera
meu melhor amigo
enferruja)

Greg Pass

Pilgm’s station
this android
washing my feet

(Parada de pelegrinos
este androide
lavando meus pés)

Summer day
the shell of cryochamber
sweating

(dia de verão
a casca da câmara criogênica
suando)

Tom Brinck

O REPLY KUN

O reply-kun é uma interação entre dois autores que busca dar continuidade a um scifaiku, uma idéia derivada renga ou do renku.

Aqui vai um exemplo desenvolvido por mim e pelo amigo de grupo James Newell:

between alleles
is flooting an island-
lost seafares

Fabio R.

Potential genes:
Skin could have been soft turquoise;
Should science do that?

Jim

(entre alelos
está flutuando uma ilha
navegantes perdidos

genes potenciais:
a pele pode ser  liso turquesa;
deveria a ciência fazer isso?)

mais informações em:

The Science Fiction Poetry Association-www.sfpoetry.com
The Scifaiku Official Webpage-www.scifaiku.com
Yahoo Groups-Scifaiku
Scifaiku-subscribe@yahoogroups.com

**The Scifaiku Manifesto(1996)-original escrito e divulgado por Tom Brinck-english

sfpoetry.com

aguarde nova enquete

sobre mim:

Nietzche em seu ensaio:“Moral Como Antinatureza” escreveu : A realidade nos mostra uma encantadora riqueza de tipos, uma abundante profusão de jogos e mudanças de forma.” ************************************ você pode acessar meus textos também através dos sites: Recanto das Letras Fabio R Poesia e Companhia

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 48 outros seguidores

Acesso rápido

mais acessados

  • Nenhum
ATENÇÃO: Todas as poesias de minha autoria neste blog,são periodicamente compiladose registrados conforme as normas: da Lei N° 9.610,DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998 e da biblioteca nacional(EDR) Que regulamentam os DireitosAutorais no Brasil Qualquer reprodução integral ou parcial do conteúdo aqui expresso necessita autorização prévia do autor Fabio R.Vieira Obrigado......
fevereiro 2009
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

RSS Notícias em tempo real

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.