Primeiro ato de “Bounce Back”

Jean Genie e era uma cara descolado

Com seu ar solitário e o sorriso meio de lado procurando garotas tinha  jogo rápido. Nas horas que vagam navegava de discos Bowie a  Led Zeppelin IV .

E usava alivio cômico nas salas de bate papo. O cheiro de fumaça familiar desde o internato:

-Já tentou terapia ou algo de fato?

Para  de desfazer-se em ilusões ou espalhar boato,as pessoas nem são tão estranhas quando se esforçam elas tentam adulterar a  tristeza e isso de fato,  as deixam mais longe.

Tento entregar um trabalho respeitoso no final do ato e sempre que tento ler Ulysses já não  me lembro o quanto da critica fala que é bom e o quanto  tem execrado.

As cancões me avisam : – “Whatch the man”?

E a lembrança que o homem e o lobo do homem se afirma. Mas o homem  é feito de referências e  de um pouco de “bounce back”.

Anúncios