Haikais 2

Akikaze ya

Vento de outono
me dá seu travesseiro-
folhas secas

 

…Súbito relâmpago…

Súbito relâmpago
já vem dividir estrada
canção ancestral

Haijin

Manhã de tarefas
a sombra  das quaresmeiras

floresce um haijin

Anúncios

Haikai

Na lenda coreana
escorrem  as lágrimas-
sobre azaleias

 

Este haikai é inspirado no poema coreano “Azaleias”(1925) escrito por Kim So-wol.

O poema tem como base a lenda em que um camponês tem sua amada transformada em azaleia, flor tipica da Coréia do Norte. Azaleia significa:”flor que nasce na terra seca”

 

Azaleas

When you turn away from seeing me
and go,
gently, without a word, I shall send you away.

From Mount Yak in Yongbyon,
azaleas
I shall gather an armful and scatter them on your way.

Step after step away
on those flowers placed
before you, press deep, step lightly, and go

When you turn away from seeing me
and go,
thought I die, no, not a single tear shall fall.

 

Continue Lendo “Haikai”

Natural Science,Spiritual Nature, Part 1

1-John W. Sexton

beneath their slant shoulders
zen spiral vortices …
pines

2-Michael A. Brennan

still majestic
the oaks through winter
the hopes

1-John W. Sexton

sobre os ombros caídos
vortices em espiral de zen…
pinheiros

2-Michael A. Brennan

ainda majestosos
os carvalhos pelo inverno
as esperanças

3-Rich Magahiz

3-Rich Magahiz

the perfect man enlighted and blond

o ser humano perfeito iluminado e loiro

4-John W. Sexton

self-shellcraft
FTL turtloid spacemirls
eggs intransit

5-Semi

the shift of tectonic plates
how her spirit trembles
in response

6-John W. Sexton

a bulb ruptures the city …
blossoms outdo the clouds
scent engulfs us

7-Rich Magahiz

shoebox Messiah
that last sutra
turned putrid

8-John W. Sexton

Hansel’s elevator off
goose down … no thirteenth floor
no six six six

4-John W. Sexton

autorepara a carapaça,
FTL turtloid espacial hermafrodita
ovulando …

5-Semi

o movimento de placas téctonicas
como o espirito dela treme
em resposta

6-John W. Sexton

um bulbo rompe a cidade
flores caem das nuvens
cerca-nos o perfurme

7-Rich Magahiz

Messias da caixa da sapato
o último sutra
tornou-se podre

8-John W. Sexton

Elevador de Hansel falha
o ganso cai….no 13º andar
não seis..seis ..seis

Haikai e ficção científica-viajando sem passagem

Varginha(MG)-BR
Varginha(MG)-BR

1
Into a lazzy quark
a way to fuse
our restless bodies

num preguiçoso quark
uma maneira de fundir
nossos corpos inquietos

2
disposes the bird
polimerized feathers
an old chest is fledding

descarta o passáro
polimerizadas penas
foge um velho peito

3
through optical fiber
run sudden desires
just to kiss

* wires crossed
she smells burnt toast
yard sale nannybot

em fibra ótica
correm desejos repentinos
apenas beijar

* fios entrelaçados
ela cheira torrada queimada
vende na garagem nano rôbos

(*ushi-friend of yahoo scifaiku)

4

no one eletrophorese
can apart the entangle
of our fever bodies

nem a eletroforese
pode separar o enrosco
nossos corpos febris

5
between alleles
is flooting an island-
lost seafares

**Potential genes:
Skin could have been soft turquoise;
Should science do that?

entre alelos
flutua uma ilha
navegantes perdidos

genes potenciais:
a pele pode ser leve turquesa;
deveria a ciência fazer isso?

(**Jim friend of scifaiku group)

expovar_02042007023644

6-
in the module
sparks a warning
“don`t tread on the grass”

Oxygen hovers
At a critical level;
Don’t harm any plant.-Jim

no módulo
cintila um aviso
“não pise na grama”

oxigênio flutua
num nível critíco
não danifique nenhum vegetal

7-Crab’s Renga (Renga dos caranguejos)
space-crabs

monolithic crab
is piecing some digits
to be a fallen star

Advanced ET crab
Moves through hyperspace by means
Of piercing vectors.-Jim

three steps ahead
on average scale
needs refuel a crab

caranguejo monolítico
está juntando alguns dígitos
para ser uma estrela cadente

evoluido caranguejo ET
movimenta através do hiperespaço pelas médias
de vértices vetorias

três passos a frente
na escala média
precisa abastecer um caranguejo

——————————————
imagens(source)
-prefeitura de Varginha
-Space Crabs . com

Haicais-tradicionais Matsuo Bashô

haicai_historia377

hana no kumo
kane wa ueno ka
asakusa ka

Tradução:

Nuvem de flores –
Este sino será de Ueno?
Será de Asakusa?

furu ike ya
kawazu tobikomu
mizu no oto

Tradução:

Olha o velho lago –
Após o salto da rã
O barulho da água.

meigetsu ya
ike o megurite
yo mo sugara

Tradução:

Ah, lua de outono –
Caminhei a noite inteira
Em torno do lago.


michi no be no
mukuge wa uma ni
kuware keri

Tradução:

À beira da estrada
A flor do hibisco, e o cavalo
De pronto a comeu!

nozarashi o
kokoro ni kaze no
shimu mi kana

Tradução:

No pensamento
Um esqueleto abandonado –
Arrepios ao vento.

kare-eda ni
karasu no tomari keri
aki no kure

Tradução:

Sobre o galho seco
Um corvo pousado –
Entardecer de outono.

haicai_historia393

haru ya koshi
toshi ya yukiken
kotsugomori

Tradução:

Chega a primavera
Ainda que do ano seja
O penúltimo dia.
*

Matsuo Bashô (1644–1694)

(fonte:jornal Nippo Brasileiro)