Dicas Culturais/Indicações

Bibliotecas Públicas SP

Centro:

Biblioteca Braille – CCSP
Rua Vergueiro, 1000
Paraíso – 01504-000
Telefone: 11 3383-3403
Horário: 3ª a 6ª feira, das 10h às 18h; sábado, das 10h às 17h
ccsp@prefeitura.sp.gov.br

*Biblioteca Mário de Andrade

possui um dos melhores acervos de SP no quesito poesia,álbuns de fotografias originais (como as obras de Marc Ferrez, Militão Azevedo e Washington Luís), gravuras, cartões-postais e moedas. Há ainda uma vasta coleção de desenhos e aquarelas. Entre suas muitas preciosidades, destacam-se nove exemplares de incunábulos, publicados antes de 1500, várias obras únicas sobre o Brasil, e edições originais dos principais viajantes estrangeiros, como Thévet, Léry, Barléus, Debret, Rugendas, Spix e Martius. A coleção de manuscritos possui desde códices em pergaminhos do século XV, até obras literárias do século XX.

Rua da Consolação, 94
República – 01302-000
Telefone: 11 3256-5270
Fax: 11 3259-5728
Horário: 2ª a 6ª feira, das 9h às 21h; sábado das 9h às 18h

seção de obras raras fecha as 17:00hs

(algumas seções oferecem horário diferenciado de atendimento)
bma@prefeitura.sp.gov.br

Biblioteca Mário de Andrade – Seção Circulante
Rua da Consolação, 1.024
Consolação – 01302-000
Telefone: 11 3257-8787
Horário: 2ª a 6ª feira das 8h às 17h; sábado das 9h às 16h
bma@prefeitura.sp.gov.br

Biblioteca Monteiro Lobato

Endereço: Rua General Jardim, 485
Vila Buarque – 01223-011 – São Paulo, SP
Tel.: 11 3256-4122
Horário: 2ª a 6ª feiras das 8h às 18h, sábados das 10h às 17h.
A Sala de Leitura, a Gibiteca e a área de leitura de periódicos abrem também aos domingos das 10h às 14h
Diretora da Biblioteca: Rita de Fátima Gonçalves Pisniski
e-mail: bcsp.mlobato@prefeitura.sp.gov.br

Biblioteca Raul Bopp
Rua Muniz de Souza, 1115
Aclimação – 01534-001
Telefone: 11 3208-1895
Horário: 2ª a 6ª feira das 8h às 17h; sábado das 9h às 16h
bmraulbopp@yahoo.com.br

Biblioteca Sérgio Milliet – CCSP
Rua Vergueiro, 1000
Paraíso – 01504-000
Telefone: 11 3383-3403
Horário: 3ª a 6ª feira das 10h às 20h; sábados, das 10h às 18h; domingos, das 10h às 16h
ccsp@prefeitura.sp.gov.br

Bosque da Leitura da Luz
Praça da Luz, s/nº
Bom Retiro
Telefone: 11 3675-8096 (informações)
Horário: domingo das 10h às 16h
smb_bosquedaleitura@yahoo.com.br

Discoteca Oneyda Alvarenga – CCSP
Rua Vergueiro, 1000
Paraíso – 01504-000
Telefone: 11 3383-3403
Horário: 3ª a 6ª feira das 10h às 20h; sábados, das 10h às 18h; domingos, das 10h às 16h
ccsp@prefeitura.sp.gov.br

Gibiteca – CCSP
Rua Vergueiro, 1000
Paraíso – 01504-000
Telefone: 11 3383-3403
Horário: 3ª a 6ª feira das 10h às 19h; sábados, das 10h às 18h; domingos, das 10h às 16h
ccsp@prefeitura.sp.gov.br

Zona Oeste:

*BIBLIOTECA TEMÁTICA DE POESIA ALCEU AMOROSO LIMA

Endereço: Rua Henrique Schaumann, 777
Pinheiros 05413-021 São Paulo, SP
Tel.: 11 3082-5023
Horário: 2ª a 6ª feira das 8h às 17h e sábado das 9h às 16h.

O Núcleo Temático de Poesia atende de 2ª a 6ª feira das 8h às 19h e sábado das 9h às 16h.

Consulta online de acervo:http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/bibliotecas/bibliotecas_bairro/bibliotecas_a_l/alceu/index.php?p=89

bmalceualima@yahoo.com.br

Consulte em SP onde está o livro quer deseja ler sem sair de casa:

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/bibliotecas/catalogo_eletronico/

*****

Centros Culturais

emconstrução….

Anúncios

21 comentários em “Dicas Culturais/Indicações”

  1. Esta secção estará em constante atualização , em a lista de todas as bibliotecas de sp
    Fonte:Secretaria Municipal de Cultura(SP) http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/bibliotecas/fale_conosco/index.php?p=223
    ———————————————-
    Alguns Eventos Culturais do mês:

    PROGRAMAÇÃO CULTURAL DA BIBLIOTECA BELMONTE
    Rua Paulo Eiró, 525
    Esquina com a Rua Mário Lopes Leão
    Santo Amaro 04752-010 São Paulo, SP
    Tel.: 11 5687-0408
    bmbelmonte@yahoo.com.br

    CULTURA POPULAR – SETEMBRO DE 2008

    Em setembro, aproveitando as comemorações oficiais da Independência do Brasi, que rememoram e reafirmam a nossa autonomia política, a Biblioteca Belmonte, sempre voltada para as culturas populares, apresenta uma programação centrada em reflexões sobre o Brasil e suas Identidades. Embora a temática predominante da biblioteca se concentre na cultura popular identificada como tradicional, que muitos nomeiam como folclore, desta vez o foco é a cultura popular urbana: samba e rap (hip hop), duas expressões marcantes da vida contemporânea no Brasil. Uma das manifestações mais consagradas de brasilidade, o samba é reconhecido no âmbito nacional e internacional. Já o rap sempre traz polêmicas quando se quer discutir a questão da identidade, pois muitos o consideram uma expressão da dominação norte-americana no mundo atual. No entanto, relacionado a outras expressões como a discotecagem (DJ), a dança (break) e a expressão plástica (grafite), o rap tem sido nos últimos tempos um dos mais importantes canais de expressão e de crítica social, e até mesmo de busca de identidades próprias (não étnicas), que alcança parcela significativa de jovens da sociedade atual, sobretudo das periferias das grandes cidades. Propõe-se, então, esta aproximação, que para muitos parece estranha, mas se apóia em expressões que envolvem, de modo comum: poesia (texto/letra), coreografia (dança) e música (ritmo-melodia), além de alcançar extratos populares da sociedade.

    DEBATES

    Cultura popular urbana: a ampliação do conceito de cultura popular e a multiplicidade das práticas culturais na metrópole
    No encontro, a professora Maria Celeste Mira irá abordar a utilização do conceito de cultura popular nas manifestações culturais urbanas, enquanto King Nino Brown e Fernando Penteado Borges discorrerão sobre as expressões culturais que representam: o hip hop e o samba, respectivamente.
    Palestrante: Maria Celeste Mira, professora do Departamento de Antropologia e do Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais da PUC/SP, é pesquisadora e autora de livros e artigos nas áreas de cultura de massa e cultura popular.
    Debatedores: King Nino Brown, primeiro membro brasileiro da Universal Zulu Nation (instituição fundada por aquele que é considerado o pai do hip hop, Áfrika Bambaataa, com reconhecimento em mais de 50 países), é também membro e fundador da Casa do Hip Hop de Diadema e historiador autodidata da cultura hip hop.
    Fernando Penteado Borges é Diretor Cultural da Escola de Samba Vai-Vai.
    Sábado, dia 6, às 10h

    Thaíde e Chapinha
    Samba e rap: parentes, vizinhos ou ilustres desconhecidos?
    No debate, Walter Garcia, Thaíde e Chapinha discutem o possível parentesco entre o rap e o samba, do ponto de vista musical.
    Palestrante: Walter Garcia, músico, jornalista, professor da PUC-SP, doutor em Literatura Brasileira pela FFLCH-USP e autor dos artigos Diário de um detento: uma interpretação e Ouvindo Racionais MC’s.
    Debatedores: Thaíde é um dos principais rappers do Brasil, cuja trajetória se confunde com o início do movimento no país. Junto com o DJ Hum, produziu inúmeros discos, numa das parcerias mais frutíferas da cena hip hop. Foi protagonista do filme Antonia.
    José Marilton da Cruz, o Chapinha, é integrante e um dos fundadores do Samba da Vela, roda de samba que ocorre todas as segundas-feiras no bairro de Santo Amaro, e revela novos talentos e sambas.
    Sábado, dia 13, às 10h

    As Treze Visões do Largo 13
    Segundo de quatro debates mensais vinculados ao projeto premiado pelo VAI (Programa de Valorização das Iniciativas Culturais), As Treze Visões do Largo Treze de Maio. Bom prato: Arte no largo 13 de Maio contará com a participação de pessoas que atuam culturalmente e artisticamente na região. http://www.trezevisoes.blogspot.com
    Debate: Bom prato: Arte no largo 13 de Maio
    Mediadores: André Luis Oliveira, diretor de teatro e produtor cultural, e Ivan Antunes, poeta e produtor cultural.
    Debatedores: Algacyr da Rocha, artista plástico; Aida Schwab, psicanalista e professora; Thiago Bronzoni, coordenador da Casa Amarela; Roseli Kraemer, hippie que trabalha há 12 anos na Praça Floriano Peixoto.
    Sábado, dia 20, às 10h

    APRESENTAÇÕES

    Grupo de dança de rua Black White
    O grupo é formado por jovens que reproduzem os estilos de dança de rua breaking, popping e locking. Surgiu nas oficinas de dança de rua da Casa do Hip Hop de Diadema, espaço de difusão e preservação da cultura hip-hop, que contabiliza nove anos de existência e já recebeu a visita do norte-americano África Bambaata, um dos fundadores desta cultura.
    Sábado, dia 20, às 16h

    Bateria Mirim da Vai-Vai
    A bateria mirim é composta por vinte crianças e jovens, com idades entre 10 e 18 anos, e representa a oportunidade de jovens de baixa renda aprenderem a executar os instrumentos, e, dessa forma, serem desde cedo integrados à comunidade da escola. Faz parte do Projeto Social da Vai-Vai, tradicional escola de samba paulistana, do bairro do Bixiga, fundada em 1930 e treze vezes ganhadora do carnaval da capital paulista. É a atual campeã de São Paulo.
    Sábado, dia 27, às 16h

    OFICINAS

    Dança (break)
    O break, uma das quatro vertentes da cultura Hip Hop, é um estilo que faz parte da dança de rua e é peça fundamental no movimento. Executado sempre pelos b-boys e b-girls ao som do rap, será transmitido aos participantes pelo dançarino Banks, integrante da equipe pioneira na dança de rua no Brasil Back spin Crew, e estudante do curso superior em Tecnologia de Produção Musical na Universidade Anhembi Morumbi. Durante a oficina, o público será estimulado a executar alguns dos seus principais passos. Para crianças e jovens
    5ª feira, dia 18, das 9h às 11h e das 14h às 16h

    Vivenciando o samba
    De modo a familiarizar crianças e jovens com uma das maiores manifestações culturais representativas do Brasil, a Belmonte promove a oficina, ministrada por Augusto Dario Bocão e Valquiria Ribeiro, integrantes da Escola de Samba Vai-Vai. Os participantes serão apresentados aos instrumentos de percussão do samba, conhecerão seus usos e origens e poderão manejá-los. Será abordada também a vivência do samba como um modo de vida. O objetivo deste encontro é que o público entenda todo o universo do samba como capaz de transformar vidas.
    3ª feira, dia 23, das 9h às 11h e das 14h às 16h

    ATIVIDADES REGULARES

    oficina de xilogravura
    Oficina de Xilogravura, por Valter Eduardo
    Nesta oficina, os participantes aprendem a técnica de se fazer imagens por meio de madeira talhada e depois pintada, em que a imagem é transferida para o papel.
    Todas as 4ª feiras, das 14h às 17h

    Oficinas Teatro Vocacional
    Oficina permanente de teatro vocacional para jovens a partir de 14 anos, sob a coordenação do artista Felipe Brancaleão. Inscrições abertas com o orientador, na biblioteca.
    Todos os sábados, das 9h às 16h

    Espaço Gourmet
    A Sala de Contos recebe alunos de cursos de alfabetização de jovens e adultos para compartilhar um cardápio literário. Haverá também mediação de leitura por Iracy Vivan Cardoso e Andréa de Souza, ambas da equipe da biblioteca.
    5ª feira, dia 25, às 15h

    Sarau Sertanejo, por Alcione Kosmos
    No tradicional sarau, que é realizado na biblioteca toda última sexta-feira do mês, o público canta, propõe músicas e interage com o organizador.
    6ª feira, dia 26, às 19h

    Ler para Nascer
    Em parceria com o Programa Saúde da Mulher e o Centro de Cidadania da Mulher, são reunidas mulheres e jovens grávidas para a leitura de clássicos infantis recontados em poemas, cantigas de ninar, expressões plásticas e informações sobre saúde e direitos da mulher.
    6ª feira, dia 26, às 11h

    EXTENSÃO CULTURAL

    Contando Histórias pela Comunidade
    Atividade mensal previamente agendada em hospitais e asilos de idosos da região.
    Coordenação Iracy Vivan Cardoso e Andréa de Sousa

    INSCRIÇÕES PARA AS ATIVIDADES:

    * LEITURA E CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS – AGENDAMENTO PARA GRUPOS de 2ª a 6ª feira, das 10h às 17h, pessoalmente, pelo telefone 5687-0408 com Iracy ou Andréa ou pelo e-mail bmbelmonte@yahoo.com.br
    * TEATRO VOCACIONAL – INFORMAÇÕES AOS SÁBADOS COM O ARTISTA ORIENTADOR OU pelo e-mail bmbelmonte@yahoo.com.br

    Todas as atividades são gratuitas

    Como Chegar:
    Metrô
    Estação Largo Treze – Linha 5 Lilás – (Ligação Capão Redondo a Santo Amaro)
    A estação fica na esquina da avenida Padre José Maria com a rua Barão do Rio Branco.
    Ande um quarteirão em direção ao Largo 13, vire à esquerda na Rua Paulo Eiró e siga três quarteirões.

    ilustração Valter EduardoTrem
    Estação mais próxima: Santo Amaro – Nova (antiga Largo Treze) – Linha C celeste – integrada ao Metrô.

    Ônibus
    Sugestões de ônibus que passam pela Biblioteca partindo da região central:

    609-C – Metro Santa Cruz – Terminal Santo Amaro – ponto em frente à biblioteca
    669A-10 – Hospital das Clínicas – Terminal Santo Amaro
    5110 – Terminal Pq. D. Pedro II – Terminal Santo Amaro
    5111 – Terminal Bandeiras – Terminal Santo Amaro
    5111-10 – Terminal Parque Dom Pedro – Terminal Santo Amaro – ponto em frente à biblioteca

    Há ônibus, micro-ônibus e lotações partindo dos terminais João Dias, Capelinha e Varginha com destino à Praça Salim Farrah Maluf e ao Largo 13 de Maio, próximos à Biblioteca.

    O Terminal Santo Amaro está localizado na rua padre José Maria e é próximo à biblioteca; para ir a pé do Terminal Santo Amaro, ande em direção ao Largo 13, vire à esquerda na Rua Paulo Eiró e siga três quarteirões.

    Para mais informações sobre linhas e itinerários disque 156 ou acesse o site da SPTrans.

  2. Segunda edição de 2008 do ciclo Vestibular e Literatura acontece no CCSP

    O ciclo Vestibular e Literatura, promovido pela Biblioteca Mário de Andrade, apresenta, dia 2 de agosto, sua segunda edição do ano, agora na Sala Jardel Filho, no Centro Cultural São Paulo

    Professores da PUC-SP, especializados em literatura, ministrarão aulas sobre as obras solicitadas pelos vestibulares da Unicamp, PUC e USP. Com coordenação da professora Sandra Mraz, do Departamento de Arte da PUC-SP.
    Programação:

    Dia 6/9
    Auto da barca do inferno – Gil Vicente
    Prof. Fernando Segolin

    Dia 13/9
    A cidade e as serras – Eça de Queirós
    Prof. Vera Lucia Bastazin

    Dia 20/9
    Poemas Completos de Alberto Caeiro – Fernando Pessoa.
    Prof. Fernando Segolin

    Dia 27/9
    Dom Casmurro – Machado de Assis
    Prof. Maria Aparecida Junqueira

    Sempre a partir das 10h30.

  3. CCJ exibe o melhor de Hitchcock, segundo Trauffaut

    Segundo um dos maiores cineastas da história, o francês François Truffaut, se nos anos 50 e 60 o cinema voltasse a ser uma arte muda, o único diretor que não ficaria desempregado seria Alfred Hitchcock, tamanha sua mestria em criar situações de suspense tão envolventes que não necessitavam de palavras

    As incontáveis manifestações de admiração que o cineasta inglês despertou em Truffaut foram registradas em cerca de 27 artigos escritos por ele para a revista francesa Cahiers du Cinema e em um dos livros mais disputados pelos cinéfilos: Hitchcock/Truffaut. Durante a pesquisa dessa obra, foram empregadas cerca de 50 horas, no período de oito dias, resultando em 500 perguntas que esmiuçaram o pensamento e o trabalho do mestre do suspense, até então incompreendido pela crítica norte-americana.

    Tendo como ponto de partida os filmes mais citados por Truffaut, não só em suas críticas como também em outro livro seu, Os filmes da minha vida, o Centro Cultural da Juventude (CCJ) apresenta, de 3 a 18, às quartas e quintas-feiras, sempre às 20h, a mostra O Melhor de Hitchcock, segundo François Truffaut.

    Entre os longas-metragens selecionados está o não tão badalado, mas de igual refinamento, Ladrão de casaca, último filme do diretor estrelado pela musa Grace Kelly, que deixou o cinema para se casar com o príncipe Rainier, de Mônaco (que conhecera durante as filmagens). Já Frenesi, que também consta na programação, marcou a volta de Hitchcock para a Inglaterra após mais de duas décadas sem filmar por lá. A mostra conta ainda com os clássicos O homem errado, Janela indiscreta, Psicose e Os pássaros.

    Com uma filmografia que soma mais de 50 produções, entre mudas e sonoras, optar por algumas não é tarefa simples. Para quem sentir falta de determinada obra, o CCJ oferece a possibilidade para que o público se coloque no lugar de Truffaut, depositando em uma urna os títulos dos filmes de sua preferência, que serão exibidos nos dias 25 e 26, às 20h. Entre algumas das opções estão O homem que sabia demais – longa ganhador do Oscar de Melhor Canção, Que será, será, interpretada por Doris Day –, Um corpo que cai e Trama macabra, último trabalho dirigido pelo mestre.

    Serviço: Centro Cultural da Juventude – Anfiteatro. Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641, Vila Nova Cachoeirinha, Zona Norte. Tel. 3984-2466. De 3 a 18. 4ª e 5ª, 20h. Grátis

    Veja programação:

    Todas as projeções têm suporte em DVD.

    JANELA INDISCRETA
    (Estados Unidos, 1954, 107 min). Com James Stewart, Grace Kelly, Thelma Ritter e outros.
    Fotógrafo imobilizado por conta de um acidente é obrigado a permanecer em seu apartamento. O tédio faz com que comece a observar, através da janela, a vida de seus vizinhos, e faz com que testemunhe um suposto assassinato.
    / Dia 3

    LADRÃO DE CASACA
    (Inglaterra, 1955, 106 min). Com Grace Kelly, Cary Grant e outros. Ex-ladrão de jóias é o principal suspeito de ser o autor de uma nova onda de roubos em luxuosos hotéis da Riviera Francesa. Para não voltar à cadeia, resolve descobrir o verdadeiro culpado.
    / Dia 4

    O HOMEM ERRADO
    (Estados Unidos, 1957, 105 min). Com Henry Fonda, Vera Miles e outros.
    Ao visitar um escritório que concede empréstimos, um músico é confundido com um assaltante que tinha roubado o local há um ano.
    / Dia 10

    PSICOSE
    (Estados Unidos, 1960, 107 min). Com Anthony Perkins, Janet Leigh, Vera Miles e outros.
    Secretária rouba 40 mil dólares para casar. Durante a fuga, decide passar a noite em um motel à beira da estrada, onde é misteriosamente assassinada. Sua irmã decide investigar seu desaparecimento.
    / Dia 11

    OS PÁSSAROS
    (Estados Unidos, 1963, 114 min). Com Tippi Hedren, Rod Taylor, Jessica Tandy e outros.
    Ao decidir entregar pessoalmente a um viúvo que vive em um balneário da Califórnia um casal de periquitos que ele comprou, a vendedora de uma loja de animais presencia a inexplicável invasão de milhares pássaros à pacata cidade.
    / Dia 17

    FRENESI
    (Inglaterra, 1972, 120 min). Com Alec McCowen, Anna Massey, Jon Finch e outros.
    Ao ser confundido com um famoso criminoso londrino conhecido como “O Assassino da Gravata”, um homem tenta provar sua inocência, pois todas as pistas apontam para ele.
    / Dia 18

  4. Jovem pianista Vitor Araújo toca no Piano na Praça

    Após recital no Auditório Ibirapuera, fenômeno da música se apresenta na Praça Dom José Gaspar com abertura do pianista Ivan Teixeira

    O mais novo talento dos pianos, Vitor Araújo, de apenas 18 anos, é atração da próxima edição do projeto Piano na Praça, que acontece dia 6, a partir das 15h, na Praça Dom José Gaspar.

    Nascido no Recife, o músico conquistou a admiração do público ao apresentar um refinamento técnico aliado a uma forma pouco ortodoxa de interpretar clássicos, improvisando em cima de músicas eruditas e trazendo para o piano interpretações de jazz e música popular.

    Para a apresentação do Piano na Praça, além do clássico Dança do índio branco, de seu compositor preferido, Heitor Villa-Lobos, e Comptine d’um Autre Eté, de Yan Tiersen – que faz parte da trilha do premiado filme francês “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” – estão músicas de Chico Buarque, Tom Zé, Luiz Gonzaga e da banda norte-americana, Radiohead.

    Atualmente cursando bacharelado em Piano na Universidade Federal de Pernambuco, Vitor já se apresentou ao lado de ícones como Nana Vasconcelos e o maestro Isaac Karabtchevsky, e integra, junto a outros músicos, a banda Seu Chico, um projeto de resgate das composições de Chico Buarque.

    O recital conta, ainda, com a abertura do pianista, arranjador e compositor, Ivan Teixeira, apresentando um repertório que explora do jazz à MPB.

    Serviço: Projeto Piano na Praça com Vitor Araújo e Ivan Teixeira. Praça Dom José Gaspar – atrás da Biblioteca Mário de Andrade. Centro. Dia 6, a partir das 15h. Grátis
    ——
    Acesso rápido:http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/

  5. Vanguart é a próxima atração do Teatro Décio de Almeida Prado

    Dando seqüência à programação do novo espaço, banda de Cuiabá faz temporada de um mês e traz convidados especiais
    Imagem do post

    Vanguart

    Inaugurado dia 21 com o show do violonista Yamandu Costa, o Teatro Décio de Almeida Prado dá seqüência à programação musical e apresenta uma temporada de shows com a banda Vanguart, a partir do dia 25, toda segunda-feira, às 21h.

    Vindo diretamente de Cuiabá, o grupo é uma das grandes revelações do rock nacional dos últimos tempos e se destaca por elaborar músicas que misturam o folk rock com o indie. No repertório, apresentam tanto músicas novas como “México dear blues”, “You know me so well” e “Entre eu e você”, além de sucessos do disco Vanguart, lançado em 2007.

    Cada apresentação conta com participação de uma banda ou músico convidado. Dia 1º/9 participa o vocalista da banda Tutti-Frutti, Luis Carlini; dia 8 a banda de rock’n’roll Forgotten Boys; e dia 15, encerrando a temporada, o rapper Xis.

    Com o objetivo de funcionar como um espaço com ênfase na programação musical, o teatro, localizado na Zona Sul, passou por uma longa reforma que incluiu adequações do sistema elétrico, infra-estrutura para a cenotecnia e a reforma da cabine de comando e de controle.

    Programação:

    Vanguart

    Grupo mato-grossense interpreta canções com ritmo folk rock. As canções Semáforo e Cachaça estão no repertório dos shows que contam com participações especiais de:

    Luis Carlini (vocalista do grupo Tutti-Frutti) / Dia 1º/9
    Forgotten Boys / Dia 8/9
    Xis / Dia 15/9

    Serviço: Teatro Décio de Almeida Prado. Rua Cojuba, 45A. Zona Oeste. Tel. 3079-3438. 170 lugares. Grátis

  6. Almodóvar é tema de mostra na Biblioteca De Cinema

    Mostra Trilhas de Almodóvar – Tangos e Boleros, em cartaz, de 7 a 21, na Biblioteca Temática em Cinema Roberto Santos

    Há cineastas cujas trilhas sonoras adaptadas para suas obras são tão expressivas que poderiam ser consideradas personagens da trama. Entre esses nomes está o do espanhol Pedro Almodóvar, que terá seis de seus longas-metragens exibidos na mostra Trilhas de Almodóvar – Tangos e Boleros, em cartaz, de 7 a 21, na Biblioteca Temática em Cinema Roberto Santos.

    Mestre na arte de elaborar tramas complexas e capaz de dar credibilidade a fatos aparentemente absurdos, Almodóvar iniciou sua trajetória artística na década de 1970, quando estabeleceu relações com o teatro e outras correntes de vanguarda que promoviam uma renovação cultural na Espanha.

    Entre 1974 e 1978, produziu diversos trabalhos em Super 8. Em 1980, estreou profissionalmente com o longa Pepi, Luci, Bom y otras chicas del montón, protagonizado pela estrela do cinema espanhol Carmen Maura, que decidiu ajudar o amigo ainda desconhecido pelo grande público.

    Na programação estão filmes como o ganhador do Oscar de Melhor Roteiro Original, Fale com ela (2002), que tem na trilha sonora a voz de Elis Regina interpretando Por toda a minha vida, e a presença de Caetano Veloso cantando Cururrucucú paloma. Em Volver (2006), última produção de Almodóvar lançada nos cinemas, a atriz Penélope Cruz dubla a canção-título (a voz é da cantora espanhola Estrella Morante).

    Para encerrar a mostra, dia 28, às 18h, a banda Gran Gang apresenta o show Un año de amor – Nas trilhas de Almodóvar. No repertório serão interpretados tangos, boleros e outros gêneros musicais presentes na obra do diretor. A seleção presta também uma homenagem a cantores latino-americanos como Chavela Vargas, Lucho Gatica, Carlos Gardel, Bola de Nieve, e a sexy Sarita Montiel, de quem o diretor é fã incondicional.

    |Veja programação abaixo

    NAS TRILHAS DE ALMODÓVAR – TANGOS E BOLEROS
    BIBLIOTECA PÚBLICA ROBERTO SANTOS / ZONA SUL / DE 7 A 27 / GRÁTIS

    Todas as projeções têm suporte em DVD.

    * A FLOR DO MEU SEGREDO
    (Espanha, 1995, 105 min). Com Marisa Paredes e outros. Livre.
    Após enfrentar problemas em seu casamento, uma romancista decide parar de escrever e começa a beber.
    / Dia 7, 16h
    * TUDO SOBRE MINHA MÃE
    (Espanha, 1999, 101 min). Com Cecilia Roth, Candela Peña, Marisa Paredes e outros. 18 anos.
    Após perder o filho em um acidente, mulher parte em busca do pai para contar o ocorrido.
    / Dia 7, 18h
    * LABIRINTO DE PAIXÕES
    (Espanha, 1982, 100 min). Com Cecilia Roth, Riza Niro, Antonio Banderas e outros. 18 anos.
    Filho homossexual de um imperador se muda para Madri em busca de diversão e, após rápido relacionamento com terrorista também gay, apaixona-se por cantora ninfomaníaca.
    / Dia 14, 16h
    * FALE COM ELA
    (Espanha, 2002, 116 min). Com Javier Camara, Dario Grandinetti, Rosario Flores e outros. Participação musical de Caetano Veloso. 14 anos.
    Tragédia une dois homens desconhecidos que precisam cuidar de duas mulheres em coma em um hospital. Vencedor do Oscar de Melhor Roteiro Original.
    / Dia 14, 18h
    * DE SALTO ALTO
    (Espanha, 1991, 112 min). Com 16 anos.
    Filha de uma famosa cantora espanhola é a principal suspeita do assassinato do marido. Por se sentir ausente, a mãe decide protegê-la.
    / Dia 21, 15h30
    * VOLVER
    (Espanha, 2006, 121 min). Dir.: Pedro Almodóvar. Com Penélope Cruz, Carmen Maura e outros. 14 anos.
    Duas irmãs voltam à sua cidade natal para cuidar do túmulo onde está enterrada a mãe. A partir daí, uma seqüência de fatos vêm à tona, envolvendo assassinatos, tentativas de estupro e desaparecimento de pessoas.
    / Dia 21, 18h

  7. Guia Cultural da Cidade de São Paulo:
    esses são alguns dos serviços dispiníveis pela secrataria da cultura na cidade,
    há sempre boas opções pra você que anda meio entediado.As programações podem ser rapidamente consultadas acessando: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura
    ***
    Zona Sul

    Bosque da Leitura do Ibirapuera.
    Av. República do Líbano, 1151, Portão 7, ao lado do Viveiro Manequinho Lopes, Parque do Ibirapuera. Informações: 3334-0001, ramal 2408.
    Atendimento: domingo, das 10h às 16h.

    Capela do Morumbi.
    Av. Morumbi, 5387, Morumbi. Tel.: 3772-4301.
    Atendimento: 3ª a domingo, das 9h às 17h.

    Casa de Cultura Chico Science.
    Av. Presidente Tancredo Neves, 1265, Moinho Velho. Tel.: 6969-7066. Subprefeitura do Ipiranga.
    Atendimento: 2ª a domingo, das 9h às 18h.

    Casa de Cultura Cora Coralina.
    R. Sant’Ana, 201, Vila São Pedro. Tel.: 5631-0740.
    Atendimento: 3ª e 5ª, das 9h ás 18h, 2ª, 4ª e 6ª, das 9h às 20h30.

    Casa de Cultura Manoel Cardoso de Mendonça
    Praça Francisco Ferreira Lopes, 434, Santo Amaro. Tel.: 5522-8897. Subprefeitura de Santo Amaro.
    Atendimento: 2ª, das 9h às 24h; 3ª, das 8h às 22h; 4ª a sábado, das 9h às 22h; domingo, das 9h às 20h.

    Casa de Cultura M’Boi-Mirim.
    Rua Inácio Dias da Silva, s/nº, M´Boi Mirim. Tel.: 5514-3408. Subprefeitura do M’Boi-Mirim.
    Atendimento: 2ª a 6ª, das 7h às 22h; sábado e domingo, das 8h às 22h.

    Paço Cultual Júlio Guerra. Unidade II da Casa de Cultura Manoel Cardoso de Mendonça
    Praça Floriano Peixoto, 131, Santo Amaro. Tel.: 5548-1115.
    Atendimento: 2ª a domingo, das 9h às 18h.

    Casa do Grito.
    Parque da Independência, s/nº, Ipiranga. Telefones: 6168-0032.
    Atendimento: 3ª a domingo, das 9h às 17h.

    Casa do Sítio da Ressaca.
    R. Nadra Raffoul Mokodsi, 3, Jabaquara. Tel.: 7144-2333.
    Atendimento: 3ª a domingo, das 9h às 17h.

    Centro Cultural do Jabaquara.
    R. Arsênio Tavolieri, 45 – Jabaquara. Tel.: 5011-2421. Subprefeitura do Jabaquara. Atendimento: 3ª e 4ª, das 8h às 22h, 3ª e 5ª, das 8h às 20h. Sábado e domingo, das 9h às 22h.

    Escola Municipal de Iniciação Artística.
    R. Volkswagen, s/nº, casa 3, Jabaquara. Tel.: 5017-7552/5017-2192.

    Monumento à Independência.
    Parque da Independência, s/nº, Ipiranga. Tel.: 6168-0012 e 6168-0032. Em reforma.

    Teatro João Caetano.
    R. Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Tel.: 5573-3774 e 5549-1744
    Capacidade: 436 lugares

    Teatro Paulo Eiró.
    Av. Adolfo Pinheiro, 765, Santo Amaro. Tel.: 5546-0449/5686-8440.
    Capacidade: 600 lugares
    ****
    Centro

    Arquivo Histórico Municipal
    Edifício Ramos de Azevedo. Praça Coronel Fernando Prestes, 152, Bom Retiro. Tel.: 3396-6000
    Atendimento: 2ª a sábado, das 9h às 17h.

    Balé da Cidade de São Paulo
    Rua João Passalacqua, 66, Bela Vista. Tel.: 3241-3883 e 3241-1740.

    Beco do Pinto
    Rua Roberto Simonsen, 136, entre o Solar da Marquesa e a Casa nº 1. Centro. Tel.: 3241-4238, ramais 230 e 231.

    Casa da Imagem (Antiga Casa nº 1)
    Rua Roberto Simonsen, 136-B. Tel.: 3241-4238. Ao lado do Pátio do Colégio.
    Atendimento: 3ª a domingo, das 9h às 17h.

    Centro Cultural São Paulo
    Rua Vergueiro, 1.000, Paraíso. Tel.: 3383-3400.
    Atendimento: 3ª a 6ª, das 10h às 20h; sábado, das 10h às 18h, domingo, das 10h às 16h.

    Escola Municipal de Bailado
    Baixos do Viaduto do Chá, s/nº, Centro. Tel.: 3241-5336 e 3241-1332.
    Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 22h.

    Escola Municipal de Música
    Rua Vergueiro, 961, Paraíso. Tel.: 3209-6580 e 3209-7865.
    Atendimento: 2ª a 6ª, das 9h às 17h.

    Galeria Olido
    Av. São João, 473. Tel.: 3331-8399 e 3397-0171
    Espaço Expositivo: 3ª a sábado, das 12h às 21h30, domingo, das 12h às 20h.

    Museu do Theatro Municipal
    Baixos do Viaduto do Chá, s/nº, Centro. Tel.: 3241-3815.
    Atendimento: 3ª a 6ª, das 9h às 17h.

    Sede da Orquestra Experimental de Repertório
    Av. São João, 473, Centro. Tel.: 3333-7691.

    Solar da Marquesa de Santos
    Rua Roberto Simonsen, 136. Tel.: 3241-4238. Ao lado do lado do Pátio do Colégio.
    Atendimento: 3ª a domingo, das 9h às 17h.

    Teatro Municipal de São Paulo
    Praça Ramos de Azevedo, s/nº, Centro. Tel.: 3397-0300 e 3397-0327 (bilheteria).
    *
    ZN

    Biblioteca Afonso Schmidt.
    Av. Elísio Teixeira Leite, 1470, Cruz das Almas. Tel.: 3975-2305. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 15h.

    Biblioteca Álvares de Azevedo (junção com a antiga Biblioteca Pablo Neruda).
    Praça Joaquim José da Nova, s/nº, Vila Maria. Tel.: 6954-3118. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Brito Broca.
    Av. Mutinga, 1.425, Pirituba. Tel.: 3904-1444 e 3904-2476. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Érico Veríssimo.
    R. Diógenes Dourado, 101, Cohab Parada de Taipas. Tel.: 3972-0450 e 3971-0034. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca José Mauro de Vasconcelos.
    Praça Comandante Eduardo de Oliveira, s/nº, Parque Edu Chaves. Tel.: 2242-8196 e 2242-1072. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Menotti Del Picchia.
    R. São Romualdo, 382, Limão. Tel.: 3966-4814 e 3956-5070. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Narbal Fontes.
    Av. Conselheiro Moreira de Barros, 170, Santana. Tel.: 6973-4461. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Nuto Sant’Anna.
    Praça Tenório Aguiar, 32, Santana. Tel.: 6973-0072. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Padre José de Anchieta.
    R. Antônio Maia, 651, Perus. Tel.: 3917-0751. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Pedro da Silva Nava.
    Av. Engenheiro Caetano Álvares, 5903, Mandaqui. Tel.: 6973-7293. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Sylvia Orthof (junção com a antiga Biblioteca Dinah Silveira de Queiroz).
    Av. Tucuruvi, 808, Tucuruvi. Tel.: 6981-6263 e 6981-6264. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Thales Castanho de Andrade.
    R. Doutor Artur Fajardo, 447, Freguesia do Ó. Tel.: 3975-7439. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Casa de Cultura Freguesia do Ó (Salvador Ligabue).
    Largo da Matriz, 215, Freguesia do Ó. Tel.: 3931-8266. Atendimento: 3ª a domingo, das 9h às 21h.

    Casa de Cultura do Tremembé
    Av. Maria Amália Lopes de Azevedo, 190, Tremembé. Tel.: 6991-4291. Atendimento: 2ª, das 7h30 às 17h30. 3ª a 6ª, das 8h às 17h30. Sábado, de acordo com a programação.

    Centro Cultural da Juventude
    Av. Deputado Emílio Carlos, 3641 – Vila Nova Cachoeirinha.
    Tel.: 3984-2466.

    Sítio Morrinhos.
    R. Santo Anselmo, 102, Jardim São Bento. Tel.: 2236- 6121. Atendimento: 3ª a domingo, das 9h às 17h.

    Teatro Alfredo Mesquita.
    Av. Santos Dumont, 1770, Santana. Tel.: 6221-3657. Atendimento: de 2ª a 5ª, até 19h; 6ª, até 23h30; em dias de espetáculo até o fim da programação.
    Capacidade: 219 lugares
    *
    ZONA OESTE

    Biblioteca Alceu Amoroso Lima.
    R. Henrique Schaumann, 777, Pinheiros. Tel.: 3082-5023. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Álvaro Guerra.
    Av. Pedroso de Morais, 1919, Pinheiros. Tel.: 3031-7784. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Anne Frank.
    R. Cojuba, 45, Itaim Bibi. Tel.: 3078-6352. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Camilla Cerqueira César.
    R. Waldemar Sanches, 41, Butantã. Tel.: 3731-5210. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Cecília Meireles.
    R. Araçatuba, 522, V. Romana. Tel.: 3834-0004. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Clarice Lispector.
    R. Jaricunas, 458, Bairro Siciliano. Tel.: 3672-1423. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Mário Schenberg (antiga Biblioteca Francisco Pati).
    R. Catão, 611, Lapa. Tel.: 3672-0456. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Casa do Bandeirante.
    Praça Monteiro Lobato, s/nº, Butantã. Tel.: 3031-0920.
    Atendimento: 3ª a domingo, das 9h às 17h.

    Casa de Cultura Butantã.
    Av. Junta Mizumoto, 13, Jardim Peri-Peri. Tel.: 3742-6218. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 21h; sábado, das 9h às 18h; domingo das 10h às 17h.

    Casa do Sertanista.
    Praça Ênio Barbato, s/nº, Caxingui. Tel.: 3722-1856.

    Teatro Cacilda Becker.
    R. Tito, 295, Lapa. Tel.: 3864-4513.
    Atendimento: 2ª a 6ª, das 14h às 23h; sábado e domingo, das 15h às 23h.
    Capacidade: 216 lugares

    Teatro Décio de Almeida Prado.
    R. Cojuba, 45, Itaim Bibi. Tel.: 3079-3438
    Capacidade: 200 lugares
    *
    ZL

    ZONA LESTE

    Biblioteca Adelpha Figueiredo.
    Praça Ilo Ottani, 146, Canindé. Tels.: 6694-0013 e 6292-3439. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Affonso Taunay.
    R. Taquari, 549, Mooca. Tel.: 6292-5126. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Aureliano Leite.
    R. Otto Schubart, 196, Parque São Lucas. Tel.: 6211-7716. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Cassiano Ricardo.
    Av. Celso Garcia, 4.200, Tatuapé. Tel.: 6192-4570. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Cora Coralina.
    R. Otelo Augusto Ribeiro, 113, Guaianases. Tel.: 6557-8004. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Gilberto Freyre.
    R. José Joaquim, 290, Sapopemba. Tel.: 6103-1811. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Hans Christian Andersen
    Av. Celso Garcia, 4142, Tatuapé. Tel.: 2295-3447. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Jamil Almansur Haddad.
    R. Andes, 491-A, Guaianases. Tel.: 6557-0067. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Paulo Setúbal (junção com a antiga Biblioteca José Paulo Paes).
    Av. Renata, 163 – Vila Formosa. Tel.: 6211-1508 e 6211-1507. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Jovina Rocha Álvares Pessoa (junção com a antiga Plínio Ayrosa).
    Av. Padre Francisco de Toledo, 331, Cohab Manoel da Nóbrega, Itaquera. Tel.: 6741-7371 e 6741-0371. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Lenyra Fraccaroli.
    Praça Haroldo Daltro, 451, Vila Nova Manchester. Tel.: 2295-2295. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Milton Santos.
    Av. Aricanduva, 5777, Jardim Aricanduva. Tel.: 6726-4882. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Paulo Sérgio Duarte Milliet.
    Praça Ituzaingó, s/nº, Mooca. Tel.: 6671-4974. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Professor Arnaldo Magalhães Giácomo.
    R. Restinga, 136, Tatuapé. Tel.: 295-0785. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Raimundo de Menezes.
    Av. Marechal Tito, 916, São Miguel Paulista. Tel.: 6297-4053. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Ricardo Ramos.
    Praça Centenário de Vila Prudente, 25, Vila Prudente. Tel.: 2273-4860. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Rubens Borba de Moraes.
    R. Sampei Sato, 440, Ermelino Matarazzo. Tel.: 6943-5255. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Sérgio Buarque de Holanda.
    R. Augusto Carlos Baumann, 564, Itaquera. Tel.: 6205-7406. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Vicente de Carvalho.
    R. Guilherme Valência, 210, Itaquera, Cohab José Bonifácio. Tel.: 6521-0553. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Vicente Paulo Guimarães.
    R. Jaguar, 225, Vila Curuçá. Tel.: 6135-5322 e 6134-0646. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Biblioteca Vinicius de Moraes.
    Av. Jardim Tamoio, 1119, Cohab José Bonifácio, Itaquera. Tel.: 6521-6914. Atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h; sábado, das 9h às 16h.

    Bosque da Leitura do Piqueri.
    R. Tuiuti, 515, Tatuapé. Informações: 3334-0001, ramal 2408.
    Atendimento: domingo, das 10h às 16h.

    Casa de Cultura Itaim Paulista.
    R. Barão de Alagoas, 340, Itaim Paulista. Tel.: 6963-2742. Atendimento: 3ª a domingo, das 8h às 22h.

    Casa de Cultura Penha
    Largo do Rosário, 20, 3º andar, Penha. Tel.: 2296-6172. Atendimento: 3ª a sábado, das 10h às 20h; domingo, das 14h às 18h.

    Casa de Cultura Raul Seixas.
    R. Murmúrios da Tarde, 211, Parque Raul Seixas, Cohab II, Itaquera. Tel.: 6521-6411. Atendimento: 2ª, das 12h às 18h, 3ª a domingo, das 9h às 18h.

    Casa de Cultura São Miguel Paulista.
    Rua Irineu Bonardi, 169 – Vila Pedroso – São Miguel Paulista. Tel.: 6297-9177. Atendimento: 2ª a domingo, das 8h às 22h.

    Casa do Tatuapé.
    R. Guabiju, 49, Tatuapé. Tel.: 2296-4330.
    Av. Paes de Barros, 955, Mooca. Tel.: 6605-8007.
    Capacidade: 480 lugares

    Teatro Arthur Azevedo.
    AV. Paes De Barros, 955, Mooca – Tel:6605-8007.

    Teatro Flávio Império.
    R. Professor Alves Pedroso, 600, Cangaíba. Tel.: 6621-2719.
    Capacidade: 212 lugares

    Teatro Martins Penna.
    Largo do Rosário, 20, Penha. Tel.: 2293-6630.
    Capacidade: 249 lugares

  8. Pinacoteca do Estado

    Seu acervo tem cerca de 4 mil peças, e é significativo, especialmente para São Paulo, uma vez que reúne trabalhos de artistas paulistas, como Almeida Júnior, Pedro Alexandrino e Oscar Pereira da Silva, além de obras representativas de Cândido Portinari, Anita Malfatti, Victor Brecheret, Tarsila do Amaral e Di Cavalcanti. O Pavilhão das Artes, localizado no Parque do Ibirapuera, também faz parte da Pinacoteca e abriga exposições de grande importância artística.
    Praça da Luz, 2
    Jardim da Luz
    (11) 229-9844 Fax (11) 229-9844 ramal 229
    *
    Fundação Maria Luisa e Oscar Americano Horário de Visitação (Acervo): terça a sexta-feira: das 11h às 17h; sábado e domingo: das 10h às 17h
    Parque e Salão de Chá: terça a domingo: das 11:30 às 18h
    Ingresso: R$ 8,00
    Entrada gratuita para crianças até 6 anos
    (11) 3742-0077 Fax: (11) 3746-6941
    Avenida Morumbi, 4077
    http://www.fundacaooscaramericano.org.br/
    *
    MAM
    Museu de Arte Moderna de São Paulo Parque do Ibirapuera, portão 3 – s/nº
    Tel: (11) 5549-9688 Fax: (11) 5549-2342
    Horário de Visitação: terças, quartas e sextas das 12h às 18h; quintas das 10h às 12h; sábados, domingos e feriados das 10h às 18h
    Ingressos: R$ 5 (estudantes meia)
    Grátis: sócios; parceiros; aos domingos – o dia todo; às quintas – depois das 17h; crianças com menos de 10 anos e pessoas com mais de 65
    http://www.mam.org.br
    *
    MASP

    Museu de Arte de São Paulo Na sede atual do MASP, inaugurada em 07 de novembro de 1968 com a presença de S.M. a Rainha Elizabeth II, da Inglaterra, podem ser apreciadas obras de pintores da escola italiana como Rafael, Andrea Mantegna, Botticceli e Bellini; de pintores flamengos como Rembrandt, Frans Hals, Cranach ou Memling, e espanhóis como Velazquéz e Goya. Do movimento impressionista há várias obras de Renoir, Manet, Monet, Cézanne e Degas. Dos pós-impressionistas é possível apreciar vários quadros de Van Gogh ou de Toulouse-Lautrec. O MASP é um dos poucos museus do mundo onde pose der apreciada a coleção completa de esculturas de Edgar Degas.
    Av. Paulista, 1578 (Estação Trianon – MASP do Metrô)
    Cerqueira César
    (11) 251-5644 fax: (11) 3284-0574
    Horário de Visitação: Terça a domingo das 11h às 18h (a bilheteria fecha com uma hora de antecedência)
    Ingressos: R$10,00, estudantes: R$5,00 (com identificação da instituição). Grátis p/ menores de 10 e maiores de 60 anos.
    http://www.masp.art.br/
    *
    Museu de Arte Contemporânea
    da Universidade de São Paulo Rua da Reitoria, 160
    Cidade Universitária
    (11) 3818-3039 Fax (11) 3812 0218

    Com mais de 5 mil obras em seu acervo, entre óleos, desenhos, gravuras, esculturas, pinturas, cerâmicas e tapeçarias, o MAC é o maior museu da América Latina especializado na produção ocidental do século XX.
    Horário de Visitação: 3ª a 6ª das 10h às 19h; sábado, domingo e feriado das 10h às 16h
    http://www.mac.usp.br
    *
    Museu de Arte Sacra Av. Tiradentes, 676
    Luz
    (11) 3326-1373 Fax: (11) 3326-2006

    Têm o objetivo de divulgar e preservar um dos mais importantes acervos museológicos do patrimônio sacro brasileiro. Tem um conjunto de cerca de 4 mil peças, dentre as quais 800, provenientes das principais igrejas e de capelas do Estado de São Paulo e do Brasil, encontram-se em exposição.
    *
    Memorial da América Latina
    Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 (Metrô Barra Funda)
    Barra Funda
    (11) 3823-4600
    http://www.memorial.org.br
    *
    Museu de Arqueologia e Etnologia
    da Universidade de São Paulo

    Conta em seu acervo com cerca de 120 mil objetos e imagens referentes à cultura material da América com ênfase ao Brasil, do Mediterrâneo, do Médio Oriente e da África, abarcando uma extensão temporal que vai da Pré-História até nossos dias. São máscaras, amuletos, armas, cerâmicas, pinturas, adornos, vestimentas, utensílios domésticos, instrumentos musicais e de trabalho que, além da vitalidade de sua expressão visual, exigem um esforço contínuo de pesquisa para serem analisados e compreendidos. O conjunto de peças referentes às sociedades indígenas brasileiras é de especial interesse, tanto em virtude de sua heterogeneidade quanto da riqueza expressiva.
    Av. Prof. Almeida Prado, 1466
    Cidade Universitária
    (11) 3091-4901
    http://www.mae.usp.br/
    *
    Memorial do Imigrante Rua Visconde de Parnaíba, 1.316
    Mooca
    (11) 6693-0917 6692-1866 6692-7804 6692-2497 6692-9218 Fax: (11) 6693-1446
    Horário de Visitação: De terça a domingo das 10h às 17h (inclusive feriados)
    http://www.memorialdoimigrante.sp.gov.br
    *
    Museu Brasileiro de Escultura Av. Europa, 158
    Jardim Europa
    (11) 3081-8611

    Espaço cultural dinâmico, projetado pelo Arquiteto Paulo Mendes da Rocha e jardins de Burle Marx. Tem uma arquitetura arrojada , acervo permanente de 11 obras e uma vida cultural intensa com oficinas de pintura, escultura, gravura, recital de piano aos domingos às 16h, cursos de Historia da Arte, feira de antiquidade e exposições de artistas renomados internacionalmente. Tem uma café delicioso e presentes personalizados.
    http://www.mube.art.br/
    *
    Museu da Casa Brasileira Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705
    Jardim Paulistano
    Horário de Visitação: terça a domingo, das 10 às 18 horas
    (11) 3032-3727 3032-2564 3032-2499

    Criado em maio de 1970 com a denominação Museu do Mobiliário Artístico e Histórico Brasileiro, mudou sua denominação em 1971 para Museu da Casa Brasileira. Seu objetivo principal é a formação de um centro de pesquisas sobre os equipamentos, usos e costumes da casa brasileira, com exposição permanente de seu acervo.
    http://www.mcb.sp.gov.br
    *
    MIS
    Museu da Imagem e do Som de São Paulo Av. Europa, 158
    Jd. Europa
    (11) 3062-9197 3088-0896
    Horário de Visitação: de Terça a Sexta das 14h às 22h; Sábados e Domingos das 11h às 20h. Entrada Franca.
    http://www.mis.sp.gov.br/
    *
    Museu do Theatro Municipal

    Foi implantado com o objetivo de coletar, classificar, conservar e divulgar através de exposições e publicações, documentos textuais, fotografias e objetos referentes às atividades do Teatro Municipal desde a sua inauguração em 1911.
    Viaduto do Chá/Praça Ramos de Azevedo
    Centro
    (011)239-3815
    Horário de Visitação: das 9h às 17h
    http://www.theatromunicipal.com.br
    *
    Museu Lasar Segall Rua Berta, 111
    (11) 5574 7322 Fax 5572 3586

    O Museu Lasar Segall, idealizado por Jenny Klabin Segall – viúva de Lasar Segall – foi criado como uma associação civil sem fins lucrativos, em 1967, por seus filhos Mauricio Segall e Oscar Klabin Segall. Está instalado na antiga residência e ateliê de Lasar Segall, projetados em 1932 por seu concunhado, o arquiteto de origem russa Gregori Warchavchik.
    http://www.museusegall.org.br/
    *
    Museu do Ipiranga
    Museu Paulista da USP
    Parque da Independência, S/N
    Ipiranga
    (11) 6165-8000 FAX: (011) 6165-8051/6165-8054

    O Museu Paulista conta com um acervo de mais de 125.000 unidades, entre objetos, iconografia e documentação arquivística, do seiscentismo até meados do século XX, eixo para a compreensão da sociedade brasileira, a partir do estudo de aspectos materiais da cultura, com especial concentração na História de São Paulo. Os acervos têm sido mobilizados para a análise de problemáticas pertinentes às três linhas de pesquisa a que o Museu se dedica: Cotidiano e Sociedade; Universo do Trabalho; História do Imaginário.
    http://www.mp.usp.br
    *
    Oficina Cultural Oswald de Andrade Rua Três Rios, 363
    Bom Retiro
    (11) 221-5558

    Oferece diversos eventos culturais como palestras e debates, além de workshops e oficinas de temas como fotografia, cinema, teatro e artes plásticas, laboratórios de criação e cursos, como, por exemplo, o de linguagem fotográfica.
    Paço das Artes O Paço das Artes, ligado à Escola de Comunicações da Universidade de São Paulo , é um espaço de exposição e registro da arte contemporânea, nacional e internacional. O Paço das Artes está situado em uma antiga estrutura de concreto que passou por obras de recuperação. Atualmente ocupa uma área total de 2.136 m².
    Av. da Universidade, 1
    Cidade Universitária
    (11) 3814-4832
    *
    Solar da Marquesa de Santos Rua Roberto Simonsen, nº 136-B, Páteo do Colégio
    Centro
    (11) 3241-4238

    Exposições permanentes e temporárias, consulta ao Arquivo de Negativos, Projeto 3ª Idade, Serviço Educativo, atividades voltadas à preservação do patrimônio histórico e cultural paulistano, projeção de vídeos e apresentações musicais.
    Horário de Visitação: De terça a domingo, das 9h às 17h
    —————————-
    Fonte São Paulo Guia de Turismo Online/Departmento de Turismo Da cidade SP

  9. Caros amigos,
    Há uns meses atrás tivemos o prazer de acompanhar uma apresentação muito bacana numa das unidades do SESC. Tratava-se do show “SEM PENSAR, NEM PENSAR”, concebido pelo Itamar Assumpção, com letras inéditas de sua autoria, musicadas posteriormente pelo Sérgio Molina, interpretadas pela Miriam Maria, acompanhados por outros músicos…
    Foram poucas apresentações, num momento em que os caras estavam ainda tentando lançar o CD/DVD… Neste mês, eles voltarão a se apresentar e quem sabe até já tenham conseguido o interesse de algum selo para o lançamento do trabalho em CD/DVD. É uma daquelas apresentações históricas que merecem ser conferidas, e para os apreciadores do estilo crítico-“àcido” do Itamar, imperdível!!!!!!!!!!

    SESC PINHEIROS
    11 e 12 de setembro
    às 20h30
    Ingressos: R$10,00 / R$5,00 / R$2,50

    Um abraço a todos!

  10. ATENÇÂO:

    Alterações em relação ao Show do Vanguart em São Paulo dia 25/09

    O SESC anúnciou nessa segunda feira(22/09) que abrigará o show da banda Vanguart em sua unidade localizada no Bairro da Pompéia,localizado na Rua Clélia 93, nessa mesma data.Portanto o show será no Sesc Pompéia.
    Os preços confrimados pela página do SESC são

    R$ 20,00 inteira
    R$ 10,00 meia
    Rs 5,00 sócios

    Ocorrerá as 21:00 hs

  11. Outubro:

    Alguns eventos Culturais em São Paulo

    I Simpósio de Poesia Contemporânea
    I Seminário de Lingüistica,semiótica e Análise de Literatura
    de 14 á 18/10

    debates,recitais,fóruns,lançamentos de livros abertos
    a entrada franca do público,a serem realizados em diversos locais de SP
    como FFLCH-USP, Casa das Rosas(paulista,37)
    Academia Internacional de Cinema(metro deodoro) e Museu da língua portuguessa
    (praça da luz), eventos vespertinos e noturnos.

    info:www.poiesis.org.br/casadasrosas

    *

    Centro Tom Jobim
    destaques:Música
    17/18- no Ibirapuera,
    Jazz sinfônica+Danilo e Dori Caymmi

    30- No Memorial da América Latina,
    Jazz sinfônica+amilton Godoy

    31-Ibirapuera, Banda Sinfônica do Estado e Zizi Possi.

    mais em:(www.centrotomjobim.org.br)

    *
    Centro Cultural Sesi/Fiesp(Paulista,1013)
    destaques:
    17-Fernanda Porto(R$ 10,00)
    24-Zimbo Trio
    31-“Os filhos do Jair de Oliveira”

    teatro-“O sacrifício”(free qua/sáb 20:30 e dom 19:30 até 14/12);
    “A tempestade”(free qua/qui 20hs e dom19h a partir do dia 15/10)
    exposição-“tesouros inéditos do Peru antingo”,”prêmio de artes plásticas Antônio Vilhaça”

    mais em:www.sesisp.org.br/centrocultural

    *
    CCSP
    destaques:

    projeto converse com o psicanalista
    a partir de 03/10 piso Flávio de Carvalho
    toda sex das 11 as 16hs.

    Especial “Este mundo é meu!e as 7 sementes…”
    especial de cinema,música,worshops, teatro e palestras ligadas a temas ecólogicos
    e interações sócio-ambientais.

    32ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo
    de 17 a 30/10- programação a ser divulgada.

    música
    23-Seresteiros da Viola
    31-Ivone Lara

    mais:ww.centrocultural.sp.gov.br
    *
    Casa das rosas-oficina de poesia Haroldo de Campos

    Exposição de Poesia Coreana-biblioteca cirulante das 10 as 21 hs
    “Entre Quatro Paredes”-releitura da Satre (sextas 21hs) R$ 10
    “Monológo Memória do Mundo”(até 8/11)-sobre a vida do escritor portenho
    Jorge Luis Borges-sab 21 e dom 19 hs(entrada franca)

    “Ciclo de debates e oficinas”
    de 05/10 á 19/11.sobre o escritor JL.Borges
    (necessita que sejam feitas incrições)

    Av.Paulista, 37 tel:3285-6986

    *
    Teatro Coletivo Fábrica

    Oficina de formação de novos atores,
    peças gratuítas e a preços populares com atores
    amadores.
    Rua da Consolação,1623 prox Av.Paulista

    http://www.teatrofabricacoletivo.com.br

  12. Evento=3ªMostra curta Fantástico
    Onde=Centro Culturald e São Paulo(CCSP) R.vergueiro,1000

    Assunto=mostra de filmes nacionais de terror,fantasia e ficção científica
    data=11-16/11/2008
    entrada franca
    ———————-
    Evento=Machado de Assis 100 anos depois
    Onde=Centro Culturald e São Paulo(CCSP) R.vergueiro,1000

    Assunto=exibições de filmes,documentários,debates e palestras.Esse evento inclui as comemorações ao dia da Consciência Negra.
    data=18 a 23/11
    entrada franca -eventos a partir das 16hs(18hs;20hs) com retirada de ingressos uma hora antes
    entrada franca

  13. Intensificar as mobilizações contra os ataques Genocidas do Estado de Israel contra o Povo Palestino na Faixa de Gaza.

    Dia 11 de Janeiro – Domingo – às 10hs

    Manifestação no vão livre do MASP

    As mobilizações e a solidariedade internacional são decisivos na luta de resistência do povo palestino para derrotar o Estado de Israel nesse seu crime contra a humanidade.

    Para isso, é preciso garantir a unidade de todos que defendem o povo palestino diante dos ataques do Estado de Israel. Todos que têm clareza que neste conflito existe um agressor, o estado genocida e invasor de Israel e um agredido, o povo Palestino.

    Várias frentes serão intensificadas nos próximos dias, relação com parlamentares, iniciativas de solidariedade com contribuição de medicamentos, alimentos, etc (SOS Gaza), comunicação e divulgação com produção de materiais para a população.

    Mas o mais importante é intensificar as ações de rua e manifestações.

    Outras atividades serão realizadas nos próximos dias, a principal uma manifestação no próximo domingo, dia 11, a partir das 10hs, no vão livre do Masp.

  14. Programação Janeiro/Fevereiro “Espaço de literatura Haroldo de Campos-Casa das Rosas”

    PLURIVERSOS – Caminhos da poesia brasileira contemporânea

    Ciclo de palestras e recitais que buscam mapear o cenário atual, apresentando ao público as principais tendências poéticas, que em seu conjunto mostram a riqueza e a diversidade da poesia mais recente.

    1o. ciclo: Poética do subsolo (o coloquial e o cotidiano na poesia)

    Dia 16/01, sexta-feira, às 20 horas: palestra de Fábio Weintraub

    Dia 17/01, sábado, às 20 horas: palestra de Heitor Ferraz

    Dia 18/01, domingo, às 20 horas: recital com Donizete Galvão, Ruy Proença, Fábio Weintraub e Heitor Ferraz

    2o. ciclo: Poética da pérola irregular (o neobarroco na poesia)

    Dia 22/01, quinta, às 20 horas: palestra de Claudio Daniel

    Dia 23/01, sexta, às 20 horas: palestra de Horácio Costa

    Dia 24/01, sábado, às 20 horas: recital com Claudio Daniel, Horácio Costa, Elson Fróes

    3o. ciclo: Poéticas da concisão

    Dia 30/01, sexta, às 20 horas: palestra de Ronald Polito

    Dia 31/01, sábado, às 20 horas: palestra de Danilo Bueno

    Dia 01/02, domingo, às 20 horas: recital com Ronald Polito, Danilo Bueno, Hélio Neri, Dila Galvão

    4o. ciclo: Poética da subversão do real (o surrealismo na poesia)

    Dia 06/02, sexta-feira, às 20 horas: palestra de Claudio Willer

    Dia 07/02, sábado, às 20 horas: palestra de Roberto Piva

    Dia 08/02, domingo, às 20 horas: recital com Claudio Willer, Roberto Piva, José Geraldo Neres

    5o. ciclo: Poética do choque

    Dia 13/02, sexta, às 20 horas: palestra de Ademir Assunção

    Dia 14/02, sábado, às 20 horas: palestra de Antonio Vicente Seraphim Pitroforte

    Dia 15/02, domingo, às 20 horas: recital com Ademir Assunção, Antonio Vicente Seraphim Pietroforte e Ivan Antunes

    POETA EM CENA

    O debate sobre as fronteiras entre o teatro e a poesia é antigo e conheceu diversos extremos. A série ‘Poeta em cena’ propõe a encenação de poemas de Roberto Piva, Glauco Mattoso, Alice Ruiz e Paulo Ferraz, poetas renomados que hoje vivem na cidade de São Paulo. As apresentações revelam diferentes modos de visualizar os poemas dentro da linguagem cênica. Pesquisa literária: Flávio Rodrigo Penteado; Assessoria artística: Denise Weinberg; Assistentes: Daniel Kronenberg e Gabriel Godoy; Encenação: Helder Mariani.

    Estréia dia 24/01, sábado, às 20h

    Apresentação em seqüência dos quatro poetas encenados.

    Dias 31/01 e 01/02, às 21 horas

    De 07/02 a 15/02, às 20 horas

    Sábados: Roberto Piva e Glauco Mattoso

    Domingos: Paulo Ferraz e Alice Ruiz

    OFICINAS COM OS POETAS EM CENA

    Bate-papo com os poetas que tiveram seus textos adaptados para o teatro, no projeto Poeta em Cena, com mediação do diretor Helder Mariani.

    Dia 23 de janeiro, sexta-feira, às 20 horas – Roberto Piva

    Dia 30 de janeiro, sexta-feira, às 20 horas – Glauco Mattoso

    Dia 06 de fevereiro, sexta-feira, às 20 horas – Alice Ruiz

    Dia 13 de fevereiro, sexta-feira, às 20 horas – Paulo Ferraz

    SAMPOEMAS 2009

    Dia 25 de janeiro

    Programação especial em homenagem à cidade de São Paulo. Lançamentos de livros, shows musicais, recitais e exibição de filme.

    15 horas

    Sarau Chama Poética: Homenagem a São Paulo

    Direção de Fernanda de Almeida Prado, com Xande Mello, Eduardo Pitta, Neide Nell, Maria Rita Gullo, Fábio Moura, Francesca Cricelli, Alex Dias e Rita Alves.

    16 horas

    Lançamento do livro YUMÊ, de Claudio Daniel, Antologia de Poesia Brasileira do Início do Terceiro Milênio, e outros lançamento das editoras Dix, Lumme e Demônio Negro.

    16h30

    Exibição do curta-metragem Roberto Piva – Descido aos Infernos

    Direção: Donny Correia – 2008 – cor&PB – 12min

    Curta experimental a partir da leitura de poemas feita por Roberto Piva no Sampoemas 2008. Participam deste trabalho, também, os poetas Roberto Bicelli e Claudio Willer.

    A partir das 17 horas

    Distribuição de livros do projeto BookCrossing

    O BookCrossing é um movimento literário sem fronteiras, cujos membros promovem a leitura através da “libertação” de livros em lugares públicos como cafés, bares, praças, metrôs, museus, para serem encontrados e lidos por outros leitores. Atualmente, há mais de 730 mil usuários cadastrados no BookCrossing.com e 5,2 milhões de livros circulando por 130 diferentes países.

    17 horas

    Show com o músico Péricles Cavalcanti

    Abertura do show: recital com os poetas Andréa Catrópa, Gabriel Kolinyak e Winner Chiu.

    19 horas

    Sarau ‘Da periferia ao centro’, com Frederico Barbosa e Sergio Vaz

    Sarau que homenageará por meio da poesia todos os aspectos da cidade cosmopolita e plural que é a capital paulistana.

    Exposição Diálogos com Drummond

    De 05 a 28 de fevereiro

    Inauguração: dia 04 de fevereiro às 19h30

    Releituras da obra de Carlos Drummond de Andrade, com curadoria de Waldo Bravo.

    Espetáculo de dança Puntear

    Dias 31 de janeiro e 01 de fevereiro, às 20 horas

    Com Cia. Damas em Trânsito e os Bucaneiros

    Espetáculo musical que faz uma leitura corporal do espaço por meio da improvisação, valendo-se da arquitetura e sons do ambiente.

    Sarau Chama Poética – Poemas eróticos

    Dia 08 de fevereiro, às 17 horas

    Com Carmen Queiroz, Alex Dias, Cássio Junqueira, Fernanda Conrado e Rita Alves. Direção de Fernanda de Almeida Prado.
    ——-
    Endereço:

    Avenida Paulista, 37. Bela Vista – metro brigadeiro – (11) 3285-6986 / 3288-9447 .

  15. CCSP.Biblioteca de artes “Volpi”, gibiteca Henfil e discoteca estão fechadas por tempo inderteminado para reformas, a bliblioteca “Sergio Millet” e os outros serviços continuam funcionando normalmente.

  16. Divulgação de peça(via e-mail por César Ribeiro)

    Meus camaradas de manguaça, depois de Sessenta Minutos Para o Fim, o grupo Garagem 21 encerra sua ocupação de oito meses no Espaço dos Satyros com a peça Somente os Uísques São Felizes. A temporada rola aos sábados e domingos, às 18h30, de 5 de setembro a 25 de outubro. No Espaço dos Satyros 2. Aguardo todos lá.
    Quem puder, por favor ajude a divulgar em seus blogs, sites e afins.

    abraço
    Cesar Ribeiro

    —————————————————————————————-

    SOMENTE OS UÍSQUES SÃO FELIZES

    Um homem precisa juntar 13 bitucas de cigarro para salvar a humanidade do juízo final. Faltando apenas uma, ele se vê preso em um aposento depois que a chave foi comida por um pássaro de pelúcia com prisão de ventre.

    Texto e direção: Cesar Ribeiro
    Com: Ulisses Sakurai, Sergio Silva Coelho e Priscilla Maia
    Fotos: Nelson Kao
    Design gráfico: Diego Bianchi

    Duração: 60 minutos
    Idade: 12 anos
    Drama cômico
    Lotação: 60 lugares
    R$ 20 (estudantes e classe teatral pagam 10 mangos, mas se você não está em nenhum desses grupos e quer pagar meia entrada,
    é só mandar email para cesarribeiroteatro@uol.com.br pedindo para entrar na LISTA CAMARADA. Os descontos ficarão disponíveis
    na bilheteria do teatro durante toda a temporada)

    5 de setembro a 25 de outubro
    sábados e domingos 18h30

    Espaço dos Satyros 2
    Praça Roosevelt, 134
    Tel: 3258.6345

    *para sair desta lista, é só enviar email com a palavra REMOVER no campo Assunto

    CONTATOS:
    blog
    BOTECO DO RIBEIRO
    twitter

    orkut
    http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=7283981510742217210

  17. Excellent goods from you, man. I’ve understand your stuff previous to and you’re just particularly fantastic. I actually enjoy what you have acquired here, undoubtedly like what you’re saying plus the method in which you reveal it. You make it fun then you still care for to keep it astute. I can not linger to read considerably more from you. This is truly a remarkable web site.

    As a final point , allow me thank you for your patience with my English as (I’m confident you have become aware this by now,), English is not my initial language as a result I am using Google Translate to figure out what to record what I actually have in mind to write down .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s